terça-feira, 27 de setembro de 2011

O Grito do Cego de Jericó Lucas 18,35-43

Esse era o grito do cego em Jericó quando sentia Jesus se aproximar, ele não contava com a visão, mas seus ouvidos estavam atentos à presença do Senhor que se aproximava dele. Isso que é aproveitar a oportunidade, ele era oportunista não pensou duas vezes e gritou: “Jesus, Filho de Davi tende piedade de mim!”.

“Chegaram a Jericó. Ao sair dali Jesus, seus discípulos e numerosa multidão, estava sentado à beira do caminho, mendigando, Bartimeu, que era cego, filho de Timeu. Sabendo que era Jesus de Nazaré, começou a gritar: “Jesus, filho de Davi, em compaixão de mim!”Muitos o repreendiam, para que se calasse, mas ele gritava ainda mais alto: “Filho de Davi, tem compaixão de mim!”Jesus parou e disse: “Chamai-o” Chamaram o cego, dizendo-lhe: “Coragem! Levanta-te, ele te chama”. Lançando fora a capa, o cego ergueu-se dum salto e foi ter com ele. Jesus, tomando a palavra, perguntou-lhe: “Que queres que te faça? Rabôni, respondeu-lhe o cego, que eu veja! Jesus disse-lhe: Vai, a tua fé te salvou.” No mesmo instante, ele recuperou a vista e foi seguindo Jesus pelo caminho”. (cf. Lucas 18,35-43).

Você já se viu em uma situação onde está no olho do furacão, no centro de tantos problemas seus e dos outros, situações interiores, problemas de trabalho e de relacionamento e tudo se misturam, fira uma grande tempestade e você não consegue enxergar uma luz no fim do túnel? Era exatamente assim que se sentia o cego de Jericó, em sua cegueira física, ele era dependente e não suportava mais aquela situação de escravidão física e espiritual.

Jesus ao se aproximar daquele homem cura primeiro sua cegueira interior, cura o seu coração, do desespero, da falta de esperança, do medo, da dependência que esta deficiência lhe impôs, do preconceito e da exclusão social. Ele não tinha nem voz nem vez, até a multidão tentou lhe calar, mas ele estava determinado em pedir socorro e quando percebeu a maior chance da sua vida, não ficou preso as suas mazelas, deu o primeiro grande passo para sua cura e libertação, contra tudo e contra todos. Por maior que seja o seu problema ele não é maior que Deus, por maior que seja o seu dilema ele é bem menor que Deus. O que tem nos deixado cegos em relação a nossa cura e libertação, o que tem prendido você?

Existem situações em nossas vidas onde é preciso dar o primeiro e grande passo, onde eu e você precisamos dar o grito de libertação. A minha e a sua libertação não vão acontecer sem a nossa decisão, sem a nossa colaboração, seus medos, suas cadeias precisam ser quebradas, situações em nossa vida só serão vencidos quando nós tomarmos consciência da importância de nossa parte, de nosso papel. O cego de Jericó é um grande modelo de superação, de não parar nos limites por maiores que eles sejam. A nossa primeira ajuda vem do Alto, é Jesus aquele que tem o poder de curar, de nos libertar de nossas cadeias, por isso, vamos dar o grito de nossa libertação:

“JESUS, FILHO DE DAVI TENDE PIEDADE DE MIM!”

A partir daí o senhor vai nos conduzir no caminho de nossa cura e libertação pessoal, que dura à vida toda, mas é um processo maravilhoso de crescimento, de amadurecimento. O próprio Jesus vai nos pedir que abandonemos nossas “capas”, aquilo que nos mantém cativos, ou que colaboram para nossa escravidão. É maravilhoso dê o primeiro passo e mesmo que já tenha dado o primeiro não desista de caminhar, não se deixe vencer pelos problemas e dificuldades, nada é maior que Deus. Vitória é o que vem depois da cruz, agüenta firme e grita na oração:

“JESUS, FILHO DE DAVI TENDE PIEDADE DE MIM!”

Essa música do Dunga pode nos ajudar muito a rezar e a fazer a experiência de cura do cego de Jericó:

“Filho de Davi olha para mim, vê como estou e aonde cheguei,
Se eu grito é pra me ouvir, é por sei que estás aqui
Escolhestes este lugar pra que eu volte, pra que eu volte a enxergar”.

Um comentário:

  1. Bom dia!

    Que seu dia seja de paz, de sorrisos e de muitas bênçãos, e que você possa sentir a presença de Deus aonde quer que vá.

    “Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós”. (I Pedro 5:7)

    Deus seja contigo!

    Blog Yehi Or!
    http://hajalluz.blogspot.com/

    ResponderExcluir